Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Erro de Pensamento

22
Mar18

Cão Nazi

Acabo de ler uma notícia que me traz a confirmação que os cães não são dotados da fofice a que tanto se lhes atribui. Nesta notícia está em causa o julgamento de um individuo britânico que, para chatear a sua namorada, ensinou ao seu cão a fazer a saudação nazi e também a reagir à frase “gazeiem os judeus” com saltos. Assim o que era antes um cão fofo, é agora um cão fofo, mas possivelmente com um bigode parvo e tendências para genocídio.

 

Antes de mais isto só prova a teoria de que os gatos são melhores animais de estimação, se alguma vez tentarem ensinar seja o que for a um gato ele volta-vos as costas e vai dormir. Em relação aos cães tenho a dizer que sempre desconfiei, já vi vários a ladrarem a pessoas que vai na volta e eram apenas judeus no seu dia-a-dia, como têm tendências ditatoriais no que toca a ir à rua. Constato que é também o episódio de Inspector Max que faltava, o reencontro de Max com o seu irmão Adolf que criou uma rede de supremacistas cães com vista a acabar com tudo o que é cão inferior.

 

Tudo isto foi gravado e metido no Youtube, e ao ir a tribunal o veredicto é de culpado devido a “crime de ódio”, o dono, não o cão.  

No fim disto, o que se passa é que ao que parece um gajo por fazer uma piada parva é capaz de vir a ter uma pena de prisão de um ano.  Acho muito chato se esta prática chegar a Portugal, onde regra geral, a parece haver grande liberdade de expressão excepto se o tema for Angola. Isto porque prefiro poder dizer barbaridades e sujeitar-me a ouvir coisas que não gosto, do que haver uma lista de coisas do qual não se pode falar.

 

Ao procurar informar-me um mínimo para poder escrever isto, descobri que aos judeus provenientes da Europa Oriental se dá o nome “Ashkenazi”. Grupo de pessoas que caso lhes perguntem quais as suas origens deviam pensar duas vezes antes de dizer: Sou um judeu Ashkenazi, pois correm o risco de alguém com um aparelho de som vendido por o Marco Paulo ouvir: Sou um judeu nazi, que não só sendo bizarro pode levar a um mal-entendido.

 

Ficam assim com este aviso. Deixo também os meus parabéns ao senhor que conseguiu ensinar tal coisa ao cão quando eu nem consigo que o meu se sente.

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D